Exercícios

Cinco tipos de auto-diagnóstico

Publicado em abril 26, 2009. Arquivado em: Exercícios |

dia1

Como mostra a figura acima, tocar o chão com os punhos cerrados, sem flexionar as pernas. Não conseguir realizar esta postura pode indicar, defeitos na coluna ou problemas de estomago.

dia2

Apoiar-se com as mãos na parede, num ângulo mínimo de 30° sem flexionar os pés ( figura acima ). Se não puder manter esta posição, significa que pode haver distúrbios nos órgãos genitais ou nevralgia ciática.

dia3

Posição contraria à anterior. Apoiar totalmente os pés no chão. Quem sofre de problemas de rins não consegue permanecer nesta posição.

dia4

Como na imagem acima, deitar com os braços esticados no chão. Colocar as mãos contra o chão. Levantar as pernas esticadas e levá-las até os pés tocarem o chão, além da cabeça. Pessoas com possíveis problemas de fígado não conseguem tocar o chão com os pés.

dia5

Sentar sobre as pernas, joelhos juntos, pés sob nádegas. Flexionar o corpo para trás até a cabeça tocar o chão. Quem sobre de problemas intestinais ou dos órgãos urinários, não conseguem realizar essa postura.

Texto retirado do livro: ABC da Saúde III – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1987.

Mais um pequeno artigo do Dr. Yum. Lembrando que, não conseguir fazer estas posturas não significa necessariamente que você tem algum problema de saúde. Mas se não esta se sentindo bem, ou desconfia de algum problema, estes autos diagnósticos podem ajudar a identificar possíveis males. Mas quem  não consegue realizar estes movimentos naturalmente, praticando os exercícios da Unibiótica por algum tempo será capaz de realizá-los sem muito esforço.

Um ótimo fim de semana a todos e obrigada pela visita!

Regina ;)

Ler Post Completo | Make a Comment ( 4 so far )

Escalda-pé

Publicado em março 30, 2009. Arquivado em: Exercícios |

escaldape

“A finalidade maior do escalda-pé é provocar suor, tendo grande efeito para ajudar na cura de febres e doenças como edema, nefropatia, diabete, tosse, gripe e resfriado. Esta técnica normaliza a pressão. Mesmo estando a pressão alta em ponto critico – ou mesmo a pressão baixa – a técnica afastará maiores perigos.

Mergulhar as duas pernas ( até as batatas das pernas ) em água de 40 graus. Cubra o resto do corpo com seu cobertor, mas não cubra a cabeça. Após 4 minutos, adicione mais água quente deixando a temperatura chegar aos 41 graus, quando você já estiver com as pernas em água há 5 minutos. A cada 5 minutos possibilite que a temperatura suba 1 grau até atingir 43 graus, totalizando 20 minutos de tratamento. Enxugue então os pés e mergulhe-se agora em água fria de acordo com as informações abaixo:

Temperatura da água – tempo de permanência

14°C – 2 minutos

16°C – 2 minutos e 30 segundos

17°C – 3 minutos

18°C – 3 minutos e 30 segundos

Finalizando esta etapa, pratique o exercício do vaso capilar por dois minutos, e em seguida cubra bem o seu corpo. Em duas horas o seu corpo estará suando. Não ande no intervalo de 40 minutos após o escalda-pé, pois seu tornozelo estará inchado e poderá inflamar.

Ao suar o suficiente ( até que o suor pare ), limpe-se com uma toalha ou com banho e troque de roupa. Não esqueça de compensar a perda de água com vitamina C, sal e água. O ideal seria beber um suco de laranja, ou comer verduras e tomar bastante água.

Se a febre não baixar, recomenda-se que se repita o processo 2 ou 3 vezes ao dia, sempre com um intervalo de mais de 3 horas entre cada escalda-pé. Esteja de estomago vazio quando fizer o escalda-pé. Espero pelo menos 40 minutos após a refeição. Evite corrente de ar frio ou esfriar o corpo de qualquer maneira. Cubra bem o corpo e deixe-o suar o suficiente.”

Observações

- Sentindo falta de ar durante o escalda-pé, pare o tratamento e mergulhe os pés em água fria e quente alternadamente, até que a respiração se normalize.

- Não se deve praticar o escalda-pé em jejum pois se gasta muita energia.

- Febres acima de 39.5°C não é recomendável esta prática.

Texto retirado do livro: Irrigação da vida – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1986.

Me desculpem mais uma vez pelo atraso na atualização do blog! Um abraço a todos e obrigada pela visita! ;)

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

Plataforma vibratória VS Exercício vasocapilar

Publicado em março 15, 2009. Arquivado em: Exercícios |

Gostaria de mostrar hoje um aparelho que muitos devem conhecer, mas para quem não conhece vou apresentá-lo: A PLATAFORMA VIBRTÓRIA

plataforma_vibratoria_powerplate_my5

Como Funciona

O sistema baseia-se em repetir um estímulo sobre os músculos, tendões e ligamentos, o qual gera uma resposta de contração imediata, sem sobrecargas. O aparelho vibra, apenas isso e nada alem disso.

Com a vibração consegue-se trabalhar a 100% os músculos. Adotando diferentes posturas potencia-se o exercício em determinadas partes do corpo, sem esforço. Os músculos são oxigenados e consegue-se queimar a gordura corporal.

As plataformas vibratórias não devem ser confundidas com a ginástica passiva nem com os eletros-estimuladores, já que os princípios em que se baseiam e a tecnologia utilizada são completamente distintos.

É uma excelente maneira de exercitar-se saudavelmente, sem esforços, mas com resultados espetaculares.

Benefícios gerais

* aumenta a massa muscular

* auxilia o alongamento

* ganho de força

* perda de medidas

* drenagem linfática

* enrijece os músculos

* aumenta a densidade óssea (fortalecendo os ossos)

* Estimula o funcionamento do intestino

* Reduz colesterol e excesso de gordura no corpo

*Melhora a circulação

*Entre outras coisas…

Esse aparelho custa em média R$ 11.000 reais.

Agora a seguinte pergunta: o principio desse aparelho não é exatamente o exercício do vaso capilar? Com certeza que sim! Talvez esse aparelho seja mais eficiente em termos gerais, pois, afinal de contas, ele foi feito só pra isso e permite fazer o exercício em outras posições, e pra custar 11 mil reais tem que ser ótimo mesmo.

Mas o exercício do vaso capilar, que pode ser feito por qualquer pessoa, sem custo nenhum ( basta querer! ), tem o mesmo principio desse aparelho! O exercício consiste em vibrar os membros superiores e inferiores causando todos os benefícios descritos acima, os mesmos benefícios desse aparelho.

Estou fazendo esta comparação, por que já vi muitas pessoas irem a uma aula de Unibiótica, e terem uma primeira impressão errada da ginástica. Não dão o devido crédito por achar os exercícios simples demais ou mesmo ridículos ( sim, já vi diversas pessoas dizendo que a ginástica era ridícula ).

Mas a prova esta ai, criaram um aparelho que faz a mesma coisa que o exercício do vaso capilar. Esse aparelho deve ter no máximo 3 anos que foi lançado, e o exercício do vaso capilar existe a 30 anos.  A forma de praticar o exercício pode ser diferente, mas os benefícios são praticamente os mesmos. Por isso que eu digo que o único problema da Unibiótica são as pessoas que não dão o devido valor à ginástica. Ignoram por ser simples demais, mas estão perdendo uma ótima oportunidade de recuperar a saúde sem gastar nada! Se praticarem durante um mês seguindo, eu tenho certeza que não vão mais conseguir deixar de praticar a Unibiótica. A nossa ginástica tem todo um embasamento teórico, foi estudado e comprovado durante muitos anos, pelo Dr. Yum, diversos métodos e procedimentos para chegar na ginástica que temos hoje.

Não estou criticando o aparelho, e acho que inovações são sempre bem vindas, mas quero que as pessoas tenham a consciência de que é possível recuperar a saúde e ter uma qualidade de vida melhor, mesmo sem freqüentar uma academia ou comprar aparelhos e suplementos caros. Quem pode fazer ótimo, eu também recomendo e defendo, mas quem não tem condições também pode viver com qualidade de vida e saúde.

vasocapilar

Todos os benefícios que esse aparelho trás, podem ser conseguidos simplesmente praticando a ginástica da Unibiótica, eu garanto! Quem pratica a ginástica consegue todos os benefícios que esse aparelho trás, e o melhor, sem gastar nem um real!

Por isso, pratiquem a Unibiótica! O primeiro passo tem que ser dado, mas só depende da própria pessoa começar. Eu garanto que ninguém vai se arrepender!

Um abraço a todos! Obrigada pela visita!

Regina ;)

Ler Post Completo | Make a Comment ( 13 so far )

Exercício da galinha

Publicado em março 4, 2009. Arquivado em: Exercícios |

pernas

Pernas e pés pesados

“Quando se envelhece, sente-se peso nas pernas. O tronco de curva para frente e, dessa maneira, passa-se a andar como um velho.

Os atores, quando desempenham papel de velho, dão atenção especial às pernas e à cintura, pois o sintoma da velhice é exatamente a fraqueza das pernas e da cintura. Os idosos saudáveis tem as pernas e cintura fortes; não tem problema para andar ou trabalhar.

Observem-se os provérbios: “Não há ferrugem na pá em uso”, e “Não há musgo em pedra que rola”. As pernas também, enquanto estiverem se exercitando, poderão estar sempre em forma. O passeio pela manhã e/ou à noite é a melhor maneira de se manter as pernas em forma. Quando se vai a um local próximo deve-se ir andando, em vez de usar o carro. Também é um bom exercício ficar de pé em uma perna só, a circulação das veias melhora, conseqüentemente, melhora também, o processo de desintoxicação.

228_aula5

Não é necessário o uso de caneleiras e o ideal é fazer este exercício sem se apoiar em nada e imóvel ( sem ficar balaçando a outra perna dobrada ), nem mesmo em uma cadeira ( na falta de uma imagem melhor, esta foi a que mais se aproximou da aparência do exercício que eu consegui encontrar ). Basta ficar em pé numa perna só por alguns minutos, essa é a descricao mais simples e mais fiel do exercicio.

Deve-se iniciar com 1 ou 2 minutos para cada perna e ir aumentando aos poucos ate chegar a permanecer 20 minutos sobre cada perna. Fazendo o exercício do vasocapilar antes e depois desse exercício é ainda melhor.

O exercício de ficar em pé em uma perna só não fortifica somente as pernas, como também, é um ótimo tratamento para as varizes. Às vezes, as varizes podem ser responsáveis por alguns distúrbios como hemorróidas, reumatismo, enxaqueca, etc, por isso devem ser tratadas o quanto antes. Há um provérbio que diz: “Quem tem uma perna não sofre de hemorróidas”. O exercício de ficar de pé em uma só perna é um ótimo tratamento para evitar hemorróidas. Hemorróidas leves podem ser curadas com esse exercício. Esse exercício estimula a digestão e a desintoxicação.

Esta é a razão pela qual garças e galinhas ficam, às vezes, com uma das pernas levantadas. Há uma função biológica nessa postura. Observando-as, pode-se perceber que, quando comem muito, ficam com a perna direita levantada e, quando comem algo que lhes faz mal, levantam a perna esquerda.”

Texto retirado do livro: ABC da Saúde III – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1987.

Na Unibiótica tudo é simples. Não tem complicação. Alguns chamam esse exercício de exercício da galinha Este exercício é prova que não é necessário fazer grande esforço para se recuperar a saúde e evitar certos problemas. Basta ter um pouco de interesse e dar o primeiro passo para praticar, pois com certeza os resultados virão. E vocês podem ter certeza que serão bons resultados!

Um forte abraço a todos!

Regina

PS: desculpem pela demora para atualizar o site! Estou estudando pra um concurso e não estou tendo tempo durante a semana! Vou começar a atualizar o blog nos fins de semana ok? Ai não tem desculpa! ;)

Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

Cama dura e plana

Publicado em janeiro 21, 2009. Arquivado em: Exercícios |

cama

Corrigindo a coluna

“No livro de historia da China escrito por Nan-Shih, há uma passagem que fala sobre o Imperador Sung-Wu.

O Imperador sofria de febre crônica. Por isso, sempre usava coisas frias. Uma vez, o Imperador foi presenteado por um de seus súditos com uma cama feita de pedra. Depois que ele passou a dormir sobre esta cama, seu mal desapareceu…

O imperador sofria de doença similar a tuberculose e devido ao calor que sentia ( febre ) apeteciam-lhe coisas geladas. Nenhum remédio fazia efeito e, por isso, um súdito preocupado com a saúde do imperador deu-lhe de presente uma cama feita de mármore. A partir daí, a saúde do imperador melhorou. Tanto Cristo como Buda dormiam sobre camas duras como pedra. Até Goethe, famoso poeta germânico, dormia e repousava sobre uma cama dessa natureza.

A cama plana serve para corrigir a coluna defeituosa. O imperador Sung-Wu, após ter corrigido a coluna, curou-se também da febre, passando a dormir sempre em cama de pedra.”

Sono tranqüilo e posição correta

“Todo corpo pode repousar e descansar perfeitamente sobre uma cama dura e plana, pois ela não deforma com o peso do corpo, como as demais. Pensamos que o nosso corpo se encontra em estado de repouso quando dormimos. Porem vibra mais de sete mil vezes durante o sono. Dá pra imaginar o que aconteceria com o corpo vibrando sete mil vezes em cima de um colchão de mola? Dormindo sobre cama dura e plana é que teremos um sono tranqüilo e um descanso revigorante. A coluna pode ser corrigida através das seis regras praticas da Unibiótica, mas principalmente, pelo uso da cama dura.”

Relação entre a pele e o uso da cama dura

“O sono em cama dura e plana estimula a pele e o sistema nervoso, animando o funcionamento da circulação. O uso deste tipo de cama também anima as funções dos rins, favorecendo a eliminação de substancias nocivas produzidas durante o dia.”

Distúrbios gastrintestinais e cama dura

“A cama dura e plana estimula os nervos dos órgãos digestivos. Mas, sobretudo, o uso previne a paralisação do intestino grosso, evitando a prisão de ventre. E o cérebro que sofre más influencias do intestino grosso, sempre estará disposto e leve se usarmos cama dura.

Se a pessoa tem postura correta, não sofre nenhum incômodo ao deitar sobre cama dura. Pelo contrário, sente-se muito bem. Por outro lado. Uma pessoa que sofre de problemas gastrointestinais, na maioria dos casos, ao se deitar em cama dura, sentirá dores na 5ª ou 6ª vértebra da região toráxica e na omoplata. Sentir dor nesses locais, implica em, provavelmente, ter a coluna curvada para a frente. Isto acontece, geralmente, com pessoas que sofrem de problemas gastrintestinais.”

Uso da cama dura

“O primeiro passo a dar por quem for usar a cama dura e plana é criar o habito de fazer o exercício do abdômen ( conhecido também como o exercício do peixinho ) antes de dormir. Dormir com menos roupa possível e sempre de barriga pra cima. Mesmo nos dias mais frios, nunca cobrir a cabeça. Após acostumar-se com cama de madeira, não se conseguirá mais dormir em cama macia.”

Texto retirado do livro: ABC da Saúde III – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1987.

Dormir em cama dura é um dos seis princípios da Unibiótica, e por sinal é um ótimo hábito. Eu mesma troquei o meu colchão mole por um duro e não me arrependo! Acordo mais descansada do que antes, quando usava o colchão mole.

Obrigada a todos pela visita!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 2 so far )

Exercício do Vasocapilar

Publicado em dezembro 12, 2008. Arquivado em: Exercícios |

vasocapilar

“O exercício do vasocapilar baseia-se na teoria de que a força motriz da circulação sanguínea está na rede vasocapilar – um dos princípios fundamentais da Unibiótica.

O conceito atual de que a força motriz da circulação sanguínea se encontra no coração ( funcionando como uma bomba hidráulica ) está baseado na teoria formulada há 300 anos, quando ainda não haviam inventado o microscópio. Eu me oponho totalmente e discordo desde ultimo conceito.

Existem, em média, cerca de 5,1 bilhões de vasocapilares no homem, dos quais 3,8 bilhões se localizam nos membros. Eles são estimulados através do exercício do vasocapilar. Erguer os membros, verticalmente, não só anima a circulação através da gravidade, mas a estimula duplamente através deste exercício.

As pessoas que tem postura incorreta ou doenças nos órgãos internos sofrem frequentemente de dormência e formigamentos, alem de paralisia nas mãos e nos pés, por que a circulação não consegue irrigar as extremidades dos membros. Estes sintomas se agravam e evoluem para o reumatismo e, depois, para a endocardite, o escorbuto, a hemofilia, etc.A palavra reumatismo significa: toxinas fluindo pelo corpo, pois em grego “rhéo” significa correr, e “matismo” significa veneno, toxina.

Tudo isso pode ser evitado através do exercício do vasocapilar praticado durante 1 ou 2 minutos pela manhã e a noite. Estimulando a circulação os problemas desaparecem. Praticado diariamente, este exercício evitará a frieza nos pés e poderá evitar, também, manchas que surgem nas mãos quando envelhecemos.

Hipertensão também é curável

Numa reunião de médicos discutia-se, certa vez, sobre distúrbios circulatórios, quando entrou em pauta o assunto hipertensão. Afirmei-lhes que este distúrbio era facilmente curável. Todos olharam para mim e soltaram gargalhadas, como se eu tivesse dito algo engraçado.

Quando conseguiram parar de rir, um médico levantou-se e disse-me:

- Sei que você é um médico oriental e que possui alguns princípios diferentes da nossa medicina, mas afirmar que pode curar a hipertensão, é sinal de que você não conhece nada sobre a doença e esta querendo brincar conosco. Se é uma brincadeira, foi a melhor piada que já ouvir; se está falando sério, mostre-me, ou melhor, baixe minha pressão que lhe daremos o Prêmio Nobel da Medicina, aqui mesmo. Não precisa viajar até Genebra para recebe-lo…

Outra gargalhada estourou quando o médico acabou de falar. Eu já previra que isto aconteceria. Falei da mesma forma, pois tinha absoluta certeza de que eu estava certo. Respondi-lhe:

- Parece que você, apesar de ser cardiologista, está sofrendo de hipertensão. Acho que antes de você tentar curar alguém, deveria curar-se a si mesmo. O que eu disse não é brincadeira. Se você quiser comprovações, chame mais cinco hipertensos e eu provarei.

Alguns médicos olharam pra mim com olhares de pena, achando que eu quebraria a cara. Outros riram mais uma vez. Entraram na sala apenas quatro hipertensos. Pedi silêncio, pois todos estavam falando uns com os outros e isto atrapalharia o processo. Solicitei aos médicos que medissem a pressão das pessoas e que as anotassem. Depois, fiz com que todos praticassem o exercício do vaso capilar. É curioso que nenhum dos quatro hipertensos conseguiu levantar verticalmente as pernas. Ninguém fez o exercício de forma satisfatória. Foi difícil conseguir algo deles. Uns fizeram o exercício durante 2 minutos e outros por 3 minutos. Pedi que levantassem e que a pressão fosse medida novamente. Resultado: nos quatro hipertensos, a pressão havia caído depois do exercício. Todos ficaram suspresos, olhando uns para os outros. Depois disseram:

- Ele hipnotizou as pessoas…

- Isto é besteira…

- Deve ter usado alguém truque…

- Isto não prova nada…

O mais impressionante foi que ninguém se preocupou, ou melhor, ninguém demonstrou o menor interesse, em saber por que a pressão havia baixado. Fiquei muito arrependido de ter ido à reunião. Então muito triste e chateado, falei:

- No Oriente, quando um médico chega do Ocidente com novas técnicas, é recebido com muito entusiasmo e interesse. Aqui é totalmente o oposto. Vocês diante de uma prova técnica, fecharam os olhos em vez de, como cientistas, demonstrarem alguma curiosidade. Estou muito desapontado. A divulgação da Unibiótica não depende de vocês. O povo é mais inteligente do que vocês pensam. Se vocês não se curarem da doença chamada ortodoxia e teimosia, não tardará muito e o povo abandonará totalmente a Medicina.

Gostaria que, vocês leitores, refletissem sobre qual das duas coisas é mais certa e racional: recuperar a saúde permanente através desta prática ou viver o resto da vida ( sem garantia ) dependendo de remédios, sem recuperar a saúde?

Exercício do vasocapilar tradicional

vasocapilar1

Ficar na posição como a da imagem acima e tremer vigorosamente os membros evitando ao máximo dobrar os joelhos e cotovelos. A superfície deve ser plana e dura. Deixar a cabeça apoiada no travesseiro de madeira durante todo o exercício para acomodar bem a coluna. Fazer durante 1 ou 2 minutos pela manhã e a noite, no mínimo.

Exercício do vasocapilar do joelho

vasocapilardojoelho

Conforme o desenho acima, quando estiver com um distúrbio nos joelhos, fazer o exercício do vasocapilar com os pés pendurados num elástico ou mola para não forçá-los.

Exercício do vasocapilar do tornozelo

vasocapilardope

No caso de pé com defeito no tornozelo, imobiliza-lo conforme o desenho acima. Geralmente os problemas nos tornozelos são difíceis de melhorar, devido ao uso continuo dessa articulação. Portanto, merece maior atenção.

Exercício do vasocapilar com compressa de água fria

Ocorrendo amigdalite, esta pode ser curada estimulando a cisrulacao na região afetada, através do exercício de vasocapilar com compressa de água fria. Para tanto sentar no chão ou na cadeira e fazer o exercício do vasocapilar somente com os braços, levantando-os, verticalmente, durante 1 minuto. Baixar os braços e descansar por 1 minuto. Voltar ao exercício por mais 1 minuto. Repetir 15 vezes. Fazer compressa de água fria na região da faringe, após o término do exercício. Este procedimento traz bons efeitos nas inflamações da garganta, tuberculose, voz rouca, etc.”

Texto retirado do livro: ABC da Saúde III – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1987.

Este exercício é o mais importante da prática da Unibiótica e ele traz inúmeros benefícios principalmente para a circulação.

Gostaria de comentar uma coisa antes de terminar este artigo: a gente viu no relato do próprio Dr. Yum como é difícil fazer as pessoas adotarem e aceitarem novas idéias, por mais simples que sejam. Vivemos numa sociedade que acredita demais que a cura está em remédios caros e cirurgias complicadas e ignoramos práticas simples como esta, pensando que não resultarão em nada. Mas eu acho que sempre devemos dar uma chance a tudo e a todos. Se uma pessoa estudou tanto como o Dr. Yum e se propôs a divulgar essas práticas simples é por que elas realmente trazem resultados. Talvez ela não possa curar tudo, mas tenho certeza que as pessoas conseguirão tirar vários benefícios com a sua prática. Mas só seremos capazes de comprovar isso, se dermos uma chance e praticarmos durante algum tempo. Temos inúmeros relatos de cura de várias doenças e males ( e aos poucos irei colocar mais depoimentos de pessoas que se curaram praticando a Unibiótica ) através da Unibiótica.

Por isso, se você ainda não é um praticante, dê uma chance a Unibiótica e a você mesmo, tenho certeza que você não irá se arrepender.

A vida é simples, sempre foi. Nós é que ficamos cada vez mais sofisticados, vida mais sofisticada, comida mais sofisticada, DOENÇAS MAIS SOFISTICADAS, sociedade mais sofisticada.

Mas depende de nós deixarmos a vida mais simples e mais saudável. E é totalmente possível de resgatar essa simplicidade sem abrir mão de certos confortos atuais. Resgatando a saúde todo o resto é fácil de se conseguir. Por isso dê uma chance a Unibiótica, você só tem a ganhar, e o melhor de tudo, você pode conseguir isso sem gastar nada com remédios e tratamentos caros.

Pense nisso com carinho ok?

;)

Obrigada a todos pela visita e voltem sempre!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 15 so far )

Aula de Unibiótica – CD em mp3

Publicado em setembro 18, 2008. Arquivado em: Downloads, Exercícios |

Estou disponibilizando um CD contendo uma aula completa de Unibiótica. Com ele você tem a marcação do tempo dos exercícios, bem como, algumas explicações sobre como fazer a prática. Esse CD contém os principais exercícios, mas gostaríamos de salientar, que ele NÃO possui todos os exercícios da Unibiótica. Nas aulas presenciais existem outros exercícios. As aulas presenciais também possuem variações e inovações, ou seja, às vezes se inclui novos exercícios e se omite outros, sempre fazendo um certo revezamento. Mas os exercícios que contêm no CD, sempre estão presentes nas aulas de Unibiótica, pois são os principais e essenciais e não podem faltar nas práticas.

Importante

Gostaríamos de salientar que os exercícios só devem ser praticados, se você conhece a forma de executá-los. A execução incorreta dos exercícios poderá prejudicar sua saúde ou causar dores nas costas, entre outras dores. Por isso, frisamos, procure um grupo de Unibiótica perto de você e aprenda a forma correta de executar os exercícios. Apesar dos exercícios serem de fácil execução, alguns precisam de uma correta postura para serem executados.

O CD é apenas uma contribuição para que você possa fazer os exercícios em casa, ou quando estiver impedido de ir a uma aula presencial. Conheço pessoas que fazem a aula presencial pela manhã e fazem novamente a noite com o CD. Esses exercícios podem ser feitos várias vezes e não possuem contra indicação. Sua saúde só tem a ganhar com a prática da Unibiótica. Gostaríamos de dizer que as aulas presenciais são mais interessantes, pois, praticando com mais pessoas você se sentirá mais animado e disposto, como acontece em todas as ginásticas feitas em grupo. Às vezes, praticar sozinho pode dar preguiça e costumamos não fazer.

Gostaríamos de lembrar novamente que o CD contém os principais exercícios, mas não todos. Procure um grupo de Unibiótica para conhecer todos os exercícios dessa maravilhosa ciência. As músicas estão no formato em MP3 e o arquivo se encontra zipado e hospedado no site do Rapidshare. Quem já tem o costume de fazer downloads não terá problema em baixar o arquivo. Se alguém tiver algum problema para baixar, só entrar em contato que posso explicar melhor como baixar o arquivo. Mas não tem segredo.

Clique aqui para fazer o download do arquivo

Formato: mp3

Tamanho: 123 MB

Hospedado no: Rapidshare

O arquivo se encontra compactado. Por isso é necessário um programa para descompactar. Neste caso foi usado o programa Winrar, que pode ser baixado gratuitamente neste link:

http://baixaki.ig.com.br/download/winrar.htm

Um abraço a todos!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 26 so far )

Banho alternado

Publicado em setembro 1, 2008. Arquivado em: Exercícios |

“É indicado para estimular a circulação e a pulsação. Fornece resistência contra tóxicos, eliminando rapidamente o cansaço. O Dr. Brauchle, considerado o papa do naturalismo alemão e o príncipe da hidroterapia, ficou maravilhado após ter conhecido e experimentado o banho alternado.

O banho alternado é indicado, ainda, nos casos de nevralgia, reumatismo, artrose, dores de cabeça, diabetes, distúrbios cardiovasculares, hipertensão, doenças do fígado e rins, gripes, resfriados, malária, dengue e para a revigoração geral do organismo, eliminando o cansaço. A técnica elimina também, a queda de cabelo, favorece o rejuvenescimento da pele e combate das doenças de maneira geral.

Método

O ideal é banhar o corpo inteiro. A temperatura indicada para a água quente é de 44°C e, para a água fria, de 14 a 15°C.

Água fria ———— 1 minuto

Água quente ——— 1 minuto

Começar com a água fria e terminar, também, com água fria, num total de 7 a 11 vezes. Se for feito menos que 5 vezes, não haverá efeito significativo. Em caso de doença pode fazer até 60 vezes ( uma hora de banho ).

Enxugar-se com uma toalha, após o banho, mas o ideal será, sem dúvida, secar o corpo com as mãos, o que levará de 6 a 30 minutos. Tratando-se de pessoas magras, o tempo será mais curto. Para pessoas acima do peso, o tempo necessário é maior a fim de permitir que a ação do oxigênio elimine as gorduras.

Em caso de sífilis e cirrose, os enfermos devem evitar o banho alternado total, praticando-o, apenas, nos pés e mãos. O banho de ar pode ser praticado todos os dias.”

Texto extraído do livro: ABC da Saúde I – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1988.

Em breve estarei postando a origem e história do banho alternado.

Obrigada a todos!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 6 so far )

Banho de ar

Publicado em agosto 26, 2008. Arquivado em: Downloads, Exercícios |

Praticando esse exercício provoca-se um aumento das funções da pele, como respiração, absorção  excreção, sentidos, favorecendo a expulsão das toxinas, a absorção do oxigênio e acelerando, assim, a oxidação, que propiciará a eliminação de monóxido de carbono.

Os efeitos são particularmente notáveis em casos de artrose, bronquite asmática, hepatopatia, cardiopatia, nefrose, úlcera, processos dermatológicos, prisão de ventre, dores de cabeça, atuando de maneira positiva em casos de câncer e AIDS.

Os banhos de ar devem ser praticados com a janela aberta para que o ar circule abundantemente, mas não ao sol. Tirar a roupa e ficar totalmente despido, expondo o corpo à atmosfera. Marcar o tempo. Após esse tempo cobrir-se com um ou dois cobertores. Marcar o tempo. E continuar esse processo de descobrir e cobrir durante o tempo estipulado. Pode-se ficar em qualquer posição: deitado, sentado, em pé, de lado. Ao terminar, é aconselhável manter a temperatura do corpo, vestindo-se, logo em seguida, evitando correntes de ar.

No final deste artigo você encontrará um link para baixar as instruções para o banho de ar em formato MP3. Você poderá ouvir e praticar ao mesmo tempo, pois no próprio arquivo tem as marcações dos tempos de cobrir e descobrir.

Freqüência

Normalmente, o banho de ar deve ser praticado três vezes ao dia, por exemplo, pela manhã, à tarde e a noite; ou duas vezes, manhã e noite, ou de acordo com a disponibilidade, tratando-se de pessoas saudáveis. Em enfermidades, dependendo do estado do paciente e dos sintomas, o numero de vezes deve ser maior.

Duração

Depois de iniciada a prática, deve-se continuar durante 30 dias, sem interrupção. Suspender, em seguida, pois dois ou três dias e reiniciar, sem interrupção, durante três meses. Mas, desejando-se prosseguir, os efeitos serão ainda maiores. Não há contra-indicação.

Alimentação

Pode-se começar os banhos de ar uma hora antes, ou uma hora depois das refeições.

Banho de água e de ar

O banho de água, chuveiro, banheira ou de mar, deve ser tomado após o banho de ar, mas nunca antes. Caso tenha tomado banho, aguardar uma hora para praticar o banho de ar.

Arquivo de áudio da aula do banho de ar em MP3 para download

Formato: MP3 – Tamanho: 22 MB – Idioma: Português

O arquivo se encontra compactado. Por isso é necessário um programa para descompactar. Neste caso foi usado o programa Winrar, que pode ser baixado gratuitamente neste link:

http://baixaki.ig.com.br/download/winrar.htm

Obrigada a todos!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 18 so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 72 outros seguidores