Depoimento – Madalena

Posted on julho 2, 2009. Filed under: Depoimentos |

Depoimento Madalena

“Durante alguns anos de minha vida procurei ajuda médica para solucionar vários problemas de saúde. Eu sentia dores no corpo inteiro, era como se eu tivesse sido espancada. Os médicos pediam exames e mais exames e nada descobriram. Fiz tratamento psicológico por dois anos, fisioterapia por um ano e meio, as dores melhoraram, mas logo voltavam. Chegava ao ponto de um abraço provocar dor.

Suspeitavam de fibromialgia, mas fiz vários exames, e não deu em nada. Então os médicos decidiram que o que eu tinha era depressão. Como se não bastasse, fiquei hipertensa ( já estava tomando 5 tipos de remédios! ).

Por intermédio de Renata, minha amiga, descobri a Unibiótica, comecei a praticar e foi a melhor coisa que me aconteceu. Recuperei a auto estima, as dores desapareceram, e minha pressão se normalizou. Em seis meses todos os medicamentos que usava foram suspensos por ordem médica. Isso já fazem 6 anos.

Decidi então fazer o curso de Unibiótica e me tornar coordenadora. Estou com um grupo de 70 pessoas divididas em 2 turmas, com muitas historias e problemas resolvidos. O nome do meu grupo é “De mãos dadas”, no bairro Alípio de Melo ( BH – MG ) e ele esta completando 5 anos.

Acordo às 5:30 hs: tomo água e faço o banho de ar, em seguida tomo o banho alternado. Depois vou me encontrar com o grupo: pratico os exercícios, fazendo também o jejum matinal, tomando água de gole em gole até as 10:00 hs.

Às 10:00 tomo o seguinte energético natural:

½ copo ( americano ) de água filtrada

1 colher ( sopa ) de mel

1 colher ( sopa ) de vinagre de arroz

1 colher ( sopa ) de germem de trigo

1 colher ( sopa ) de fibra de maracujá

1 colher ( sopa ) de farinha de linhaça

½ colher ( sopa ) de levedo de cerveja

1 colher ( café ) de cálcio de gergelim

Tomar de segunda a sexta feira e descansar no sábado e no domingo.

No almoço bastante salada crua antes dos outros pratos e para sobremesa frutas.

Não sou radical. Quando tenho vontade como coisas que não são aconselháveis pela Unibiótica. Procuro evitar o Maximo possível, ficando mais com os cereais integrais e frutas. Quanto tenho tempo repito os banhos no final do dia.

Me considero 80% Unibiótica. Sou uma mulher realizada e muito feliz. Quando perguntam minha profissão tenho orgulho em responder: “Coodernadora de Unibiótica”.

Dica: valorize-se, amando-se em primeiro lugar. Pratique e viva a Unibiótica. Assim terá saúde e alegria de viver.

Agradecimento: A Deus por me mostrar o caminho a seguir. Ao Dr. Yum por nos mostrar a Unibiótica e a Regina por criar este blog para que as pessoas possam conhecer melhor o que é a Unibiótica.”

Madalena – Coordenadora de Unibiótica – BH.

Agradeço demais pelo seu depoimento Madalena! Foi uma grande contribuição para que as pessoas vejam que a Unibiótica muda vidas ( para melhor é claro! ). Mais uma vez obrigada! Agradeço a você e aos seus alunos(as) por estarem contribuindo com vários depoimentos!

Obrigada a todos pela visita!

Regina

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

3 Respostas to “Depoimento – Madalena”

RSS Feed for Unibiótica – Melhorando Tudo, Melhorando Todos Comments RSS Feed

Gostaria de saber de grupos de unibiótica atuantes em são paulo.

Por favor, quem souber, envie pro meu email ou responda aqui mesmo. Conheço por meio de suas publicações, o Dr YUm ha muitos anos. Procuro mas ainda ñ consegui encontrar pessoas que pratiquem unibiótica.Tenho 5 livros dele. acho-o um gênio.Ñ entendo pq ele ñ aparece na tv, no programa do JÔ, sei lá. precisamos tornar conhecido esse tipo de tratamento proposto por ele. tantas pessoas sofrendo e morrendo por doenças tão simples de curar, mas as pessoas ñ sabem, ñ conhecem que ha cura para todas as doenças.

Infelizmente ainda nao temos contatos de grupos de SP.
😦


Where's The Comment Form?

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: