Archive for maio \31\UTC 2009

Vitamina C e chá de folhas de caqui

Posted on maio 31, 2009. Filed under: Alimentos, Teoria e Prática |

limao

“As verduras são alimentos alcalinos, essenciais para o corpo, contendo sais minerais, indispensáveis para as funções físicas e mentais do ser humano. Alguns estudos foram feitos e Samuel Anderson declarou algumas observações:

– Faltando cálcio no organismo, não há desenvolvimento físico e mental.

– Sem equilíbrio de potássio e sódio, ocorre desequilíbrio da ordem interna do corpo.

– Sem enxofre, há enfraquecimento dos ossos.

– Sem silício, perde-se a capacidade de ter paciência.

– Faltando magnésio, há enfraquecimento dos ossos e dos músculos.

– Faltando sal, ocorre o enfraquecimento geral do corpo e moleza.

– A carência de cobre, pode agravar a tuberculose.

– A falta de fósforo, ocasiona perda da capacidade intelectual.

– Sem flúor, há falta de tônus muscular.

– Entre outros distúrbios.

Essas constatações mostram que a falta de determinadas substancias ao organismo podem gerar ou agravar distúrbios. Mas quero falar um pouco de outra substancia essencial ao organismo: a vitamina C.

Efeitos de sua carência

A carência de vitamina C, no organismo, provoca sangramento gengival, amolecimento dos dentes, dor na boca, hemorragias, dor nas extremidades  do corpo e escorbuto. A carência dessa vitamina, compromete a formação de colágeno e osteóide provocando  deficiência de cicatrização, enfraquecimento dos ossos, das paredes dos capilares e dos glomos. A falta da vitamina C pode causar até a morte em alguns casos mais graves.

A vitamina C previne doenças como a gripe e problemas de pele. Portando a ingestão de alimentos que contenham vitamina C é indispensável. Por tudo isso, uma alimentação saudável rica em verduras cruas é ideal para a saúde.

Vale lembrar que alimentos como carne, ovo, peixe, leite, cereais e verduras cozidas são pobres ou desprovidas de vitamina C.

Nos casos de irritação dérmica ( coceira ), passar extrato de folha de caqui, com gase, no local irritado, traz bons resultados. Para ferimentos na gengiva, aplicar o mesmo método. Ocorrendo catarata ou irritação nos olhos, lavar os olhos com uma solução preparada com 10% de leite de magnésia e 90% de chá de caqui ( deixar por uma noite o resto do chá de caqui na água fria e misturar com o leite de magnésia ).

Alimentos que são boas fontes de vitamina C ( em ordem de maior quantidade de vitamina C para o de menor quantidade de vitamina C ):

Folha de caqui ( maior concentração de vitamina C )

Pimenta verde

Alga

Salada comum

Batata doce

Cebolinha

Espinafre cru

Nabo

Laranja

Limão

Vagem

Tomate

Pêssego

Repolho

Tangerina

Alho

Melão

Cenoura

Mamão

Alface ( menor concentração de vitamina C )

Etc….

Chá de folhas de caqui

caquizeiro

O chá de caqui é uma ótima fonte de vitamina C. Ao se preparar o chá, não se deve cortar as folhas muito estreitas. O chá deve ser feito por infusão, na água quente, por alguns minutos, ou na fria por uma hora. Jamais deve ser fervido. Pode-se adoçar com mel ou açúcar, mas o mínimo possível. Antes de fazer o chá, deve-se secar as folhas por um ou dois dias no máximo ( 3 dias as folhas já perderam as suas propriedades ).”

Texto retirado do livro: ABC da Saúde I – Autor: Dr. Yum – Editora: Convite do Brasil – 1988.

Obrigada a todos pela visita!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 4 so far )

Cogumelo chinês ou Kefir de água

Posted on maio 20, 2009. Filed under: Alimentos |

tibico

Bem pessoal, resolvi postar informações de um “alimento” natural que esta fazendo um grande sucesso para quem esta usando: o tibico, conhecido também pelo nome de cogumelo chinês ou kefir de água. Achei oportuno, por que alimentos naturais têm tudo haver com a Unibiótica, que defende uma alimentação natural. Trata-se de um complemento alimentar.

Dizem que foi trazido da China para o México pela Madre Teresa de Calcutá, que desejava ajudar aqueles povos, onde não havia médicos ou remédios.

“Possuem a aparência de “grãos” que variam de tamanho, aproximadamente 3 a 7 milímetros e de textura plástica, opaca, ligeiramente transparente que pode ser de coloração branca ou amarelada. Não se trata de algo desenvolvido por pesquisas de laboratório, foi por séculos um segredo étnico. Estudado por pesquisadores ocidentais no decorrer do século XX, vem se popularizando mundialmente desde 1999 com maior intensidade. E há uma forte tendência para que ocupe papel de destaque no século XXI. Atribui-se ao uso diário do kefir a famosa longevidade e saúde dos habitantes das montanhas russas do Cáucaso que são os únicos a alcançarem a idade de até 120 anos gozando de total saúde.”

Benefícios decorrentes de seu uso:

– Coração: alivia sintomas de doenças cardíacas;

– Articulações: alivia reumatismo, tira dores de extremidades e dores musculares;

– Câncer: impede o aparecimento e cura em alguns casos;

– Fígado: melhora as suas funções, remove problema de vesícula e outros males;

– Cabeça: alivia dores de cabeça e enxaquecas;

– Pulmões: fortifica, cura bronquite, asma e elimina a tosse;

– Músculos: alivia músculos enrijecidos e relaxa os músculos da nuca;

– Nervos: resolve problemas de insônia e tonturas;

– Obesidade – cura obesidade, queimando as gorduras (melhora a tireóide);

– Olhos: ajuda em problemas de vista cansada e ate casos de catarata;

– Cabelos: fortalece a raiz e evita a calvície;

– Rins – cura suas enfermidades, melhora a urina e elimina cálculos renais;

– Sangue – baixa o colesterol, diminui a hipertensão e cura hemorróidas;

– Ânimo – melhora o astral, transformando a vida em alegria.

Modo de preparo

Kefir pode ser preparado com água ou leite. Para o uso de apoio em terapias emprega-se uma quantidade maior do que como complemento na alimentação básica e para tal a água é mais indicado.

Em água: Adicione de 2 a 4 colheres de sopa com grãos de kefir em um litro de água mineral. Coloque 3 colheres de sopa de açúcar mascavo, rapadura moída (rapadura só em caso de encontrar outros produtos, ela pode degenerar a cultura), ou melado de cana. Mantenha uma boa higiene no preparo. O recipiente pode ser de vidro, inox, ou plástico de boa qualidade. Tampe o recipiente para evitar a presença de impurezas, ciscos, poeira e insetos, mas deixe uma saída de ar, pois na fermentação haverá a expansão de gás carbônico e se for hermeticamente fechado poderá explodir, cubra com pano e prenda-o com um elástico. Deixe em temperatura ambiente durante 10 a 40 horas, lembre que os dias mais quentes aceleram a cultura e os dias frios retardam.

Depois de esperado o tempo necessário, geralmente 24 horas, coe e armazene em recipiente igual ao anterior. Nunca utilize alumínio em nenhuma das etapas. Os grãos se multiplicam com rapidez e devem ser reaproveitados para uma nova cultura após terem sido lavados em abundante água corrente e utilizados para a importante disseminação comunitária, lembre-se de sua preciosidade. Os grãos possuem valor individual, familiar e coletivo, são bons para nos ajudar individualmente e coletivamente.

Os grãos que ficarem estacionados na superfície são matéria morta e devem ser descartados.

No leite: O procedimento é igual ao da água, com a diferença de que o leite deve ser morno ao iniciar a cultura. Leite pasteurizado pode ser empregado. É aconselhável que se tenha sempre em mãos uma cultura na água também, pois o leite é um produto que vem sendo adulterado com substâncias químicas desde a alimentação da vaca até o seu acondicionamento e com o tempo a cultura de kefir pode sofrer alterações. Não há necessidade de se adicionar açúcar mascavo ou equivalente ao leite, ele já tem o seu açúcar próprio que conhecido pelo nome de lactose. A lactose é consumida e transformada pela cultura e torna o leite enriquecido e assimilável por aqueles que possuem intolerância à lactose, adultos e crianças até da mais tenra idade, como bebes, por exemplo. O sabor é muito palatável.

Modo de consumo do Kefir

Tem uso interno e externo. O uso externo é indicado para problemas cutâneos como acne com incrível eficácia e para a manutenção e regeneração da pele. No uso contínuo e diário, com 300ml a 500ml (meio litro) já se consegue bons resultados e benefícios. Para a maioria dos empregos terapêuticos aconselha-se a ingestão de kefir feito com água na quantidade aproximada de 1 litro por dia e dois litros em casos graves de anemia e para uma intensa desintoxicação orgânica. É recomendada a ingestão diurna do kefir, após o por do Sol a interação química com o corpo não é das melhores e deve ser evitada. Não comemos os grãos de kefir, mas sim ingerimos a parte líquida de fermentação da cultura. Pode ser refrigerado, misturado na base de 50% nos sucos de frutas. Kefir com mel e guaraná em pó é um tônico geral maravilhoso. Os produtos lácteos do kefir podem ser adicionados a frutas, utilizados em receitas variadas, mas sempre consumido cru. O uso de chás medicinais para a fermentação desta cultura traz bons resultados.

Armazenamento

Após coado, o líquido resultante da fermentação da cultura deve ser conservado em refrigeração, mesmo quando consumido na forma de queijos. A duração de seus produtos vai até no máximo três dias, mesmo sob refrigeração. Os grãos, após lavados e secados devidamente à sombra em temperatura ambiente, podem ser mantidos refrigerados a 4°C ou liofilizados por congelamento. As formas comerciais de kefir contém apenas uma parcela de seus componentes e o mais conhecido é o kefiran. O armazenamento do kefir tem sido a maior barreira para a sua ampla comercialização. Até mesmo as matrizes vendidas por correio no exterior não são o verdadeiro kefir por serem apenas elementos parciais do kefir, assim como em yoga, a fonte de aquisição é um fator fundamental em sua eficiência e garantia. Os grãos verdadeiros são adquiridos de pessoa a pessoa, pessoalmente e com uma corrente de bons fluídos, da qual o kefir é apenas mais um componente. Mantenha sempre uma reserva de grãos na geladeira e a outra no congelador, sob refrigeração duram uns dias e congelados um mês com segurança. Tal medida garantirá a disponibilidade de isca caso a cultura em mãos se danifique ou se perca.

Benefícios

O kefir é tido como um ótimo regulador do peso. A associação simultânea de kefir com jejum é um desastre, o kefir atua como um enzimático poderoso e acentua amplamente o anabolismo, ou seja a assimilação de nutrientes, isto faz com que seja necessária a utilização de comida normalmente. Para os que gostam de jejuar o uso nos dias de jejum pode ser suspenso. Se alimentar só de kefir é uma atitude errada e contra indicada. Um grande restaurador da vitalidade e da disposição física, mental e emocional é o nosso amigo kefir.

Se diz que o kefir é uma bênção para o nosso século porque é um auxiliar vital e importante contra diversos tipos de disfunções e moléstias que são típicas de nossos dias, por exemplo: Ajuda a combater os males contraídos por irradiações, exposições a monitores de vídeo, na desintoxicação de poluentes tóxicos, etc. Combate distúrbios nervosos, a ansiedade e a insônia, reduz o colesterol e regulariza a digestão, restaura rapidamente a micro flora intestinal, ótimo para quem se submeteu a longos tratamentos com antibióticos. Na Rússia e na Alemanha o uso em hospitais psiquiátricos tem obtido nobre respeito. Promove uma absorção orgânica muito maior de sais minerais e vitaminas, principalmente a vitamina B12, ajudando nos problemas de desnutrição. Auxilia a absorção de proteínas.

Tem sido usado no tratamento de pacientes que sofrem de AIDS. Aumenta a imunidade em grande escala. Tem colaborado no tratamento de herpes, câncer e síndrome de fadiga crônica. O uso regular de kefir pode ajudar a remover todo tipo de desordem do aparelho digestivo. A purificação orgânica que promove auxilia a obtenção de um eco sistema interno perfeito para a saúde e para a longevidade. O kefir de 12 horas de fermentação produz efeito laxativo no intestino e o de 40 horas de fermentação prende o intestino.

Kefir pode ser usado nos seguintes casos: Desequilíbrios emocionais e de origem nervosa. Erupções cutâneas. Problemas renais e da bexiga. Anemias. Problemas respiratórios. Alergias. Disfunções hepáticas. Diarréia. Prisão de ventre. Problemas cardio-vasculares (infarto e arteriosclerose). Reumatismos. L.E.R. Tumores. Doenças do estômago, úlceras pépticas e duodenais, gastrite. Digestivo, não produz intolerância ou efeitos colaterais. Em doenças graves e prolongadas deve ser tomado abundantemente três vezes ao dia meio litro por vez.

Para praticantes de yoga o seu consumo de até meio litro antes das práticas é recomendado. O uso prolongado auxilia na concentração mental. Os efeitos terapêuticos e espirituais da yoga e do kefir acentuam-se quando combinados. O corpo sutil energético de ser humano, os chakras e nadis, ou meridianos são regularizados e harmonizados, ganhando um efeito tonificante. O odor do corpo muda para melhor e o magnetismo pessoal é aumentado. Por beneficiar o chakra do plexo solar (manipur) o praticante adquire prosperidade acentuada e muita saúde, física, mental e emocional. O condicionamento físico é aumentado. Os benefícios de se consumir kefir diariamente são incalculáveis!

Para bebes a sua colaboração no desenvolvimento de um aparelho digestivo saudável é vital. Kefir é rico em vitamina B12, B1 e vitamina K. É uma fonte excelente de biotina, a vitamina B que aumenta a assimilação das outras vitaminas do complexo B.

Iniciando o uso do Kefir

Não comece com quantidades elevadas. Experimente meio copo, uns 100ml, no primeiro dia e veja como se sente neste dia, avalie a sua aceitação digestiva no dia seguinte e só aumente a quantidade aos poucos e gradativamente, em um mês já se pode ingerir um litro e assim aumente mais aos poucos, conforme a sua finalidade. O aumento excessivo de gases intestinais é indício de dose muito elevada. As vezes um mês sem kefir pode ser bom para esperar um melhor momento orgânico para eliminar efeitos de gases persistentes. Bom senso e auto observação a alterações radicais no corpo devem ser levados em conta.

Esse texto ( texto em itálico ) existe em diversos sites, por isso não posso atribuir corretamente quem é o verdadeiro autor, mas o texto pode ser encontrado facilmente pesquisando no Google.

Conheço várias pessoas que estão fazendo uso do tibico e tendo ótimos resultados. Uns dizem que melhorou o animo, a disposição, sumiram dores de joelho, dores de cabeça, problemas de hemorróidas, entre muitos outros problemas. E o melhor de tudo, a curto prazo, em poucos dias dá para se notar a diferença.

Lembrando que os efeitos podem variar de pessoa para pessoa, mas com certeza você terá muitos benefícios ao usá-lo. Atenção: não comemos os grãos e sim tomamos apenas aquela água “fermentada” pelos grãos. Lembrando que esses grãos são passados de pessoa para pessoa e não comprados, a idéia é dividir e difundir os benefícios do tibico.

Uma observação importante:

CONFORME ORIENTAÇÃO DE UM DOS INTERNAUTAS, ESTOU CORRIGINDO UMA INFORMAÇÃO DARA ANTERIORMENTE: EU HAVIA DITO QUE O TIBICO NÃO ERA RECOMENDANDO PARA DIABETICOS. E ISSO NÃO É VERDADE, BASTA TER O CONTROLE E ORIENTAÇÃO ADEQUADA PARA UZA-LO. COMO EU NAO SEI QUAIS SÃO OS CUIDADOS E PROCEDIMENTOS A SEREM ADOTADOS POR PESSOAS DIABETICAS, EU PREFERI RESUMIR A INFORMAÇÃO DADA E NÃO RECOMENDAR O USO.

MAS NÃO SEI QUAIS SÃO OS PROCEDIMENTOS, CONTROLES E/OU PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER ADOTADOS POR PESSOAS DIABETICAS PARA O USO DO KEFIR. POR ISSO, SE VOCE FOR DIABETICO, PROCURE ORIENTAÇÃO MEDICA ANTES DE USAR O KEFIR.

Obrigada a todos pela visita! Um forte abraço!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 510 so far )

Depoimento – Délcio

Posted on maio 14, 2009. Filed under: Depoimentos |

“Já faz 8 anos que não tomo um remédio.”

Este é um pequeno, mas valioso, email/depoimento que recebi de um colaborador e praticante assíduo da Unibiótica, e com a permissão dele, estou postando aqui no blog com o objetivo de mostrar casos de pessoas que melhoraram as suas vidas praticando a Unibiótica. Segue o email que recebi na íntegra:

Tuesday, May 05, 2009 3:51 PM

Oi Regina, tudo bem? Tenho o maior prazer em contar um pouco de minha história, antes e depois da Unibiótica: há 15 anos atrás fiz duas pontes, safena e mamaria. Tomava 9 comprimidos por dia e vivia em pânico; fiz dois cursos de Unibiótica em Paragominas – PA, com a dona Matilde. Ela dava o curso e ensinava  fazer a comida saudável. Já faz 8 anos que não tomo um remédio. Vou lhe convidar para  meus 60 anos  dia 13 de junho de 2009, estou me sentindo 20 anos mais jovem, nem enxaqueca e herpes mais. Porém sigo a risca tudo que Dr. Yun manda. Obrigado pela sua atenção e oportunidade de dar meu depoimento, quem sabe pode ajudar alguém. Estou ao seu dispor para responder perguntas. Bjs.

Délcio SA

Email para contato: fazendanp@hotmail.com

Essa foi mais uma valiosa contribuição que recebi e estou repassando para que outras pessoas possam ver que a Unibiótica realmente muda vidas e trás uma melhor qualidade de vida.

Se alguém quiser dar um depoimento como nosso colaborador acima, basta me mandar um email com o depoimento. Poucas palavras bastam, apenas contando como era antes da Unibiótica e como ficou depois de começar a praticar a Unibiótica. Não paga nada para divulgar. Só temos a ganhar divulgando essa pratica que tanto bem trás. Mas a contribuição é totalmente voluntaria, mas também é extremamente valiosa para a divulgação da Unibiótica.

Obrigada Délcio pela contribuição! Um abraço a todos e voltem sempre!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 3 so far )

Edema

Posted on maio 12, 2009. Filed under: Males e Tratamentos |

edema

Deficiência de absorção de água pelo organismo

“Muitas vezes a aparência de uma pessoa faz-nos pensar, erroneamente, que ela esta gorda por excesso de alimentação. Mas nem sempre é assim.

Obesidade é o acumulo de gorduras excedentes nos tecidos do corpo. O edema é provocado pela falta de metabolismo da água. Isto ocorre principalmente no caso de possíveis disfunções no fígado, rins, coração, pulmões e tireóide. Essa irregularidade ocorre devido a um desequilíbrio entre a água e os sais minerais no organismo, acarretando casaco e enfraquecimento do corpo.

Os sintomas observados pela manhã ao acordar são: rosto, pés e mãos inchados. À tarde é comum o cansaço físico, falta de motivação e muito sono. Como o metabolismo no corpo é feito em solução, o excesso de água retém os elementos nocivos, gerando um ambiente favorável a varias doenças.

Todavia, se conseguimos eliminar a água, excedente e também as toxinas ou elementos nocivos, teremos o efeito antiflogístico, o principio básico do tratamento do edema. O sistema é semelhante ao de uma chaminé, que estava obstruída e foi feita uma abertura para sair toda a fuligem.

Pode-se fazer uso do chá de cabelo de milho para melhorar as funções dos rins e do fígado, que consequentemente, ajudarão a combater o edema. Recomendo também a alimentação com feijão vermelho indiano.

Para evitar o edema, sugiro alimentar-se com arroz integral, verduras, alga marinha, ostra, marisco e óleo de gergelim, alem de ameixa que é um excelente alimento para este fim.

Embora haja tendência para recomendar aos  portadores de edema comer sem sal, afirmo que isso é desnecessário, desde que o sal consumido seja de origem natural, contido nos próprios alimentos ingeridos.”

Texto retirado do livro: “Doenças – Causas e Tratamentos – Autor: Dr. Yum – Imprensa oficial do Ceará – 1982.

Mais um artigo do Dr. Yum. Queria me desculpa, pois novamente me atrasei um pouco para atualizar o blog, mas a faculdade esta apertando esse semestre! Mas estarei sempre atualizando o site, mesmo que me atrase um pouco ok?

Obrigada a todos pela visita!

Regina 🙂

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Os benefícios do alho

Posted on maio 4, 2009. Filed under: Alimentos |

alho1

“Os homens da antiguidade viviam constantemente em contato com a natureza. Usavam abundantemente os alimentos naturais. O alho, por exemplo, foi um dos vegetais que eles utilizavam. Sua descoberta como alimento remota aproximadamente ao ano 4.500 a.C., nas proximidades do Rio Nilo, no antigo Egito.

O alho foi conhecido antes na Arábia, Afeganistão, Índia, China e, depois, em todo o Oriente. Mais tarde, a lavoura do alho foi levada ao Mar Mediterrâneo, Grécia e toda a Europa, iniciando assim o concorridíssimo comercio das especiarias no final da idade média.

Na Índia, entretanto, o uso do alho não foi muito disseminado devido a ter o Budismo proibido a utilização de qualquer alimento afrodisíaco. E ainda hoje os monges sofrem de igual proibição.

Na China, o alho foi recomendado como alimento rejuvenescedor e afrodisíaco. Tornou-se indispensável na alimentação. Era usado ainda para fortalecer o corpo. Até no cinema, é interessante observar, o vampiro teme a cruz e o alho. Sabe-se que o alho atua como fortificante do organismo.

A ingestão diária do alho melhora a vista cansada, ajuda no tratamento de hepatite e fortalece o fígado. Também pode ser usado contra vermes. Segundo alguns pesquisadores, a ingestão de alho evita o aparecimento do câncer.

Para a tosse, conseqüentemente de asma ou resfriado, deve-se comer um ou dois dentes de alho defumado no fogo. O alho quando é comido cru, deixa um cheiro muito forte na boca, mas quando é ingerido defumado, este cheiro desaparece.

Para gastroespasmo, comer três a quatro dentes de alho da mesma maneira indicada acima. A dor cessará em alguns instantes.

Quando se comer alimento intoxicado, tomar chá de alho. Vomitar-se-á toda a comida.

Outros efeitos do alho:

– Para mulheres possuidoras de sensibilidade anormal ao frio, particularmente nos pés, mãos e baixo ventre, o chá de alho atua bem.

– A insônia geralmente é causada por fraqueza no organismo. Desta forma, para fortalecer o corpo e aumentar a resistência, deve-se tomar diariamente um chá de alho.

– Bom para combate às alimentações intoxicantes.

– Ajuda a tratar problemas gastrointestinais.

– Combate o colesterol elevado e tensão arterial elevada.

– Bom para pessoas que sofrem de asma, bronquite e gripe.

– Pode ser usado para dores de dentes.

Entretanto, apesar de o alho ser uma espécie de panacéia, o seu uso exagerado pode criar problemas. Diz um provérbio popular: “Tudo demais é veneno”. O uso indiscriminado do alho pode provocar anemia, problemas no fígado, rins, alem de irritar as mucosas gastrointestinais.”

Texto retirado do livro: Doenças – Causas e Tratamentos – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Imprensa Oficial do Ceará – 1982.

Bem, é isso aí pessoal, mais um artigo do Dr. Yum. Desculpem não ter postado no fim de semana! Um abraço a todos e obrigada pela visita!

Regina

Ler Post Completo | Make a Comment ( 11 so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...